sábado, 28 de março de 2009

28ª Emissão do Programa "Um Olhar Sobre a Semana"

Este Domingo, entre as 12 e as 13 horas na Rádio Cister
"Um Olhar Sobre a Semana", um espaço semanal do Departamento de Informação da Rádio Cister que tem como objectivo a reflexão e o comentário sobre as notícias que marcam os nossos dias, ao nível local, regional e nacional (sem deixar o internacional de fora...). Um Olhar Sobre a Semana é um programa editado, apresentado e moderado por José Alberto Vasco, tendo como comentadores residentes José António Canha, José Costa e Sousa e Valdemar Rodrigues.

Tema da 28ª Emissão
- Sala de Sessões do Parlamento foi esta semana reinaugurada, após oito meses de remodelações que a adaptaram completamente às novas tecnologias, agora colocadas ao serviço dos ilustres deputados da nação. Há quem esteja de acordo e há quem não esteja de acordo com essa adaptação aos novos tempos, acima de tudo pelo facto de numa época de grave crise económica nacional essa remodelação nos ter custado cerca de 4 milhões de euros. Como se consegue justificar a prioridade de tamanha despesa para o erário público a um povo que dia a dia continua a ver a sua situação laboral e social cada vez mais degradada?

- -
Opinião pessoal
De forma simples e objectiva, primeiro não são estes 4 milhões de euros que vão resolver ou ajudar a resolver a crise em Portugal. A crise resolve-se com medidas que estimulem o desenvolvimento e a criação de emprego. É necessário algum investimento, claro está, mas é errado pensar que o governo tem que investir para nos salvar de todos os problemas. Depois, porque razão este investimento não é assumido como uma ajuda e um apoio às empresas? _ O sistema teve de ser desenvolvido por alguém, teve de ser instalado, e o edifício teve de sofrer obras de remodelação. Não se criaram ou mantiveram empregos? Desde os técnicos aos construtores, da engenharia à investigação?

Outra questão tem a ver com os benefícios que este investimento pode trazer ao sistema. A tecnologia poupa-nos tempo, e tempo é dinheiro. Em vez de se perder tempo com processos antiquados e fúteis, investe-se esse tempo no que é fundamental.

E já agora, sejamos realistas, o que são 4 milhões de euros para o erário público? Ainda mais quando se gastam 1800 milhões na nacionalização do BPN por razões muito pouco claras...

Inovação Contra a Crise: Empresa de Calçado da Benedita Distinguida

A JOMARPI, uma empresa de calçado da Benedita que emprega 140 pessoas, foi distinguida pelo Centro Tecnológico do Calçado por causa do "Fit System".

A inovação do sistema "Fit System" está na sola que permite que o sapato varie de tamanho e se ajuste às necessidades de cada pé, tornando-o mais confortável e amigo dos pés, muitas vezes negligenciados pelo calçado usado, que se revela demasiado apertado ou desajustado à sua fisionomia.

Fernando Pimenta explicou que o "Prémio Inovação 2008" é o resultado de uma aposta iniciada pela empresa há dois anos e que implicou um investimento de 80 mil euros e a contratação de um elemento para o departamento técnico, que desenvolveu o produto já patenteado pela empresa de calçado que emprega 140 pessoas.

Em termos de mercado, a Jomarpi iniciou bem o ano, esperando chegar ao fim de 2009 com uma facturação a rondar os 6 milhões de euros, valor idêntico ao de 2007 pois 2008 foi um ano "crise no calçado", afirmou Fernando Pimenta, acrescentando que a "empresa da Benedita tem já encomendas garantidas até Setembro".

In Rádio Cister

- -
Parabéns! Felizmente há quem não fique à espera que os outros lhes resolvam os problemas ou pensem por si...

Música de Câmara

Concurso Internacional em Alcobaça quer revelar talentos
Alcobaça, Leiria, 26 Mar (Lusa) -- O I Concurso Internacional de Música de Câmara, que começa domingo em Alcobaça, quer ser um espaço de "revelação de talentos e de consolidação da música de câmara", disse hoje o seu director artístico, António Rosa.

Loto "Combatem" em Lisboa


Os Loto e os Le Rockeur Digitable vão estar esta noite no Minimercado em Lisboa, para um DJ set em formato DJ Battle.
As bandas de Alcobaça e Coimbra continuam a batalha este sábado, no Clinic em Alcobaça, precisamente.
As hostilidades estão abertas em Lisboa a partir das 23h. Em Alcobaça, o início está marcado para a 01h.
In Cotonete

quinta-feira, 26 de março de 2009

Movimento de Apoio a Rui Morais Para Candidato em Alcobaça

A notícia já tinha sido avançada na edição da semana passada do jornal Região de Cister. Um grupo de cidadãos reuniu-se num movimento cívico com o objectivo de apoiar uma eventual candidatura de Rui Morais à presidência da Câmara Municipal de Alcobaça. Segundo o jornal, «Este é o primeiro sinal público da existência de uma "terceira via" no processo de escolha dos candidatos do PSD no concelho».

Quando já é oficial a existência de dois candidatos, Rogério Raimundo pela CDU e José Acácio Barbosa pelo PS, eis que surge mais uma possibilidade.

O movimento está aí e até já tem blogue e tudo: Alcobaça com Futuro ( http://alcobacacomfuturo.blogspot.com/ )

"Nas Faldas Da Serra" Vai Ser o Blogue Oficial do I Concurso Internacional de Música de Câmara Cidade de Alcobaça

O blogue cultural Alcobacense Nas Faldas da Serra foi convidado para ser o blogue oficial do I Concurso Internacional de Música de Câmara Cidade de Alcobaça, importante evento cuja fase final terá o seu início no próximo domingo, 29 de Março.

O blogue, que já havia publicado na íntegra o regulamento do concurso, promete ir publicando muita informação sobre este I Concurso Internacional de Música de Câmara Cidade de Alcobaça.

Um merecido premio para um dos blogues de referência de Alcobaça.
Parabéns!

Bluff?! Ou Talvez Não?!

Diz a Rádio Cister no seu sítio na internet:

Decathlon a caminho do empreendimento "Nova Alcobaça"
Há mais uma loja comercial a caminho do empreendimento "Nova Alcobaça" que está a cativar o interesse de vários negócios e superfícies comerciais.

A loja de artigos de desporto (
Decathlon), que irá criar entre 15 a 20 novos postos de trabalho, anunciou a intenção de se instalar naquele que será, de futuro, o novo centro urbano da sede do concelho de Alcobaça.

Segundo Carlos Bonifácio, vereador responsável pelo pelouro das obras privadas na Câmara Municipal de Alcobaça (CMA), «o pedido de localização já foi aprovado pelo executivo e pela Comissão Municipal de Economia», decorrendo actualmente o processo «com normalidade», calculando o autarca que fique pronto dentro de um mês.

Algumas superfícies comerciais a funcionar no perímetro urbano da cidade, como o Intermarché e o Mini-Preço, já tinham anunciado a intenção de se deslocalizar e instalar naquele espaço.


- -
Confesso que fiquei muito surpreso com esta notícia que coloca a grande multi-nacional de venda de artigos de desporto em Alcobaça. Não que não me agrade a ideia, mas simplesmente acho estranho que uma cadeia que possui pouco mais de meia-dúzia de lojas em Portugal venha parar logo a Alcobaça, onde o comércio está como está... Não em Leiria, não nas Caldas, mas em Alcobaça?!

Que virá a seguir para a Nov'Alcobaça? Starbucks? Mc Donald's? Pizza Hut?


Espero muito sinceramente estar enganado, mas sinto que algo muito estranho aqui se passa. Uma manobra de "bluff" para valorizar o empreendimento?

CMA Quer "Fazer um Aproveitamento Turístico" da Mata do Vimeiro

A Câmara Municipal de Alcobaça (CMA) quer "fazer um aproveitamento turístico" da Mata do Vimeiro.

A intenção foi manifestada durante uma reunião de trabalho recente entra a Autarquia e a Autoridade Florestal Nacional, em que também participou a Junta de Freguesia do Vimeiro.

Segundo o vereador responsável pelo Desenvolvimento Económico, José Vinagre, em cima da mesa «está a possibilidade de instalar viveiros de sobreiros e um passeio pedonal, para permitir a melhor acessibilidade a turistas e às escolas», criando-se um «circuito pedagógico que sublinhe as investigações científicas de Vieira Natividade».

A Mata do Vimeiro é da responsabilidade da administração central mas o estado de abandono a que chegou tem preocupado autarcas e população que também lamentam o não seguimento da investigação florestal de espécies tipicamente locais e portuguesas, importantes defesas da mancha florestal em caso de incêndios florestais.

Várias propostas têm surgido nos últimos meses para o aproveitamento desta importante mancha florestal que é património nacional.

In Rádio Cister

Lotes da Zona Industrial do Casal da Areia a Metade do Preço

A Câmara Municipal de Alcobaça (CMA) reduziu para metade o preço de venda dos Lotes da Zona Industrial do Casal da Areia (ZICA). O metro quadrado, que estava a 42 euros, passa a custar apenas 21. A medida irá vigorar entre 2009 e 2010.

«Trata-se de uma medida de incentivo à instalação de empresas e de empreendedores na freguesia de Cós», justificou o vice-presidente do executivo, Carlos Bonifácio, lembrando que o «Casal da Areia está totalmente infra-estruturado, num investimento superior a 700 mil contos», acrescentou.

O executivo camarário aprovou ainda uma redução de 12,5%, a ser aplicada sobre os novos preços dos lotes do Casal da Areia, destinada aos jovens empresários.

Estas reduções fazem parte de um pacote de medidas de estímulo à economia que contemplam, nomeadamente, a isenção do licenciamento industrial bem como da actividade comercial, desde que em áreas inferiores a 250 metros quadrados, para além da redução da Derrama e do preço da água para os consumidores não domésticos.

In Rádio Cister

Cooperativa Vai Vender Produtos Agrícolas de Excelência

A Cooperativa Agrícola de Alcobaça manifestou a esperança de que a Câmara Municipal tenha «sucesso na candidatura que lançou à regeneração urbana da zona envolvente ao Mercado Diário Municipal».

A instituição, presidida por Manuel Castelhano, vai instalar uma loja para vender produtos agrícolas de excelência, que mostrem a capacidade diferenciadora de Alcobaça.

A Cooperativa Agrícola é uma das parceiras do projecto de regeneração, juntamente com o CEERIA, Associação Comercial e IGESPAR. Todo o investimento do projecto ficará a cargo da autarquia.

Actualmente o Mercado Municipal, localizado numa das zonas nobres da cidade, está bastante degradado, tendo a Câmara Municipal decidido que estaria na hora de o regenerar e tornar num centro de negócios de produtos regionais de qualidade, que promovam o nome Alcobaça.

In Rádio Cister

Escola Aberta na ESDICA Até Dia 27

Começou esta quarta-feira a Escola Aberta da Escola Dona Inês de Castro, em Alcobaça (ESDICA).

Esta 11ª primeira edição, que decorrerá até dia 27, irá aproveitar para abordar a formação e a avaliação de professores, num debate que acontecerá na tarde de sexta-feira.

Para tal, a ESDICA convidou Mário Nogueira, da Federação Nacional dos Professores, Albino Almeida, da Confederação Nacional das Associações de Pais, e Américo Gonçalves, membro do Conselho das Escolas e presidente do Conselho Executivo da Escola Secundária de Peniche.

Para além da questão dos docentes, a Escola Aberta propõe ainda palestras e exposições que serão abertas a toda a comunidade educativa, para além do Café-Concerto, o Projecto da Cruz Vermelha "COPOS - Quem decide és tu", a Mil-e-uma-noites, um serão dedicado à música e à canção, Chá das Línguas, teatro, património e várias actividades desportivas que vão do xadrez ao BTT.

In Rádio Cister

EPADRC Participa no FITEC

A Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Cister/Alcobaça, no âmbito da sua iniciativa de divulgação da oferta formativa para o ano lectivo 2009/2010, participano evento FITEC, Fórum de Inovação, Tecnologia, Formação e Emprego, que se realiza de 26 a 29 de Março na Exposalão Batalha.

Estar a par da inovação, tecnologia e ofertas de emprego é a grande proposta do FITEC, que convida empresas, agentes científico-tecnológicos, entidades promotoras de emprego e autarquias a juntar-se à organização deste evento na EXPOSALÃO, sob a máxima: mais formação, melhores empresas.

A par da crescente necessidade de reajustar as qualificações da população activa às reais necessidades das entidades empregadoras, os estabelecimentos de ensino e formação profissional desempenham hoje um papel fundamental no desenvolvimento de estratégias e respostas adequadas ao mercado de trabalho, tanto ao nível científico-tecnológico, como ao nível dos recursos humanos.

É neste contexto que o FITEC nasce como montra da inovação, investigação e avanços tecnológicos realizados em Portugal; como ponto de encontro entre todos os agentes do mercado de trabalho: empresas e entidades públicas de apoio à criação de empresas e emprego, estudantes e população em idade activa, instituições de ensino e formação.

São objectivos da participação da escola neste evento:
- Promover a imagem da EPADRC junto da comunidade estudantil;
- Promover a imagem da EPADRC junto da comunidade local e regional;
- Divulgar a oferta formativa da escola para o ano lectivo 2009/2010;
- Divulgação junto da comunidade estudantil das actividades práticas desenvolvidas no âmbito dos cursos oferecidos pela escola.

In Rádio Cister

Orientação - Pataias Recebe Jovens Atletas

Com o aproximar das férias da Páscoa, o horizonte próximo começa já a povoar-se com as correrias, as brincadeiras, a alegria e muita Orientação entre os mais novos. Trata-se do 11.º OriJovem, o Estágio Nacional Jovem de Orientação Pedestre, que decorrerá em Pataias, na região centro do País, de 29 de Março a 3 de Abril.

Lançado no Barreiro em Setembro de 2005, o OriJovem é uma iniciativa da Federação Portuguesa de Orientação vocacionada para a aprendizagem, aperfeiçoamento e consolidação de técnicas e estratégias do desporto Orientação.

Destinados a jovens dos 8 aos 18 anos, com ou sem experiência na modalidade, estes estágios de Orientação aproveitam os períodos de férias escolares e interrupções lectivas também para fomentar a criação de amizades, espírito de grupo e auto-estima, bem como a partilha de experiências e conhecimentos entre todos os participantes.

A anterior edição do OriJovem, em Ovar, marcou uma autêntica viragem na história do evento. Um número recorde de participações (140 jovens + 15 técnicos), a maior participação escolar de sempre, a presença de técnicos dos clubes com objectivos auto-formativo e a grande cobertura mediática são agora fasquias que a Coordenação Técnica do Estágio - da responsabilidade de Tiago Aires - se propõe ultrapassar.

O 11º OriJovem terá lugar de 29 Março a 3 Abril de 2009 e conta com o apoio da Câmara Municipal de Alcobaça, do Agrupamento de Escolas de Pataias e do Clube de Orientação do Centro.

As actividades decorrerão na zona de Pataias (Alcobaça), com treinos distribuídos pelos mapas de Pataias, Burinhosa, Praia da Nazaré e Praia de Paredes. Dada a heterogeneidade dos participantes no estágio, está prevista a sua distribuição por quatro grupos de treino - Iniciação, Formação, Aperfeiçoamento e Competição -, variando no grau de dificuldade técnica e física.

Entre os participantes, o natural destaque vai para os perto de 50 atletas seleccionados para representar Portugal no Mundial de Desporto Escolar 2009 e que farão aqui um último apronto.

Uma oportunidade única para todos quantos se iniciam na modalidade, de puderem privar de muito perto com a fina-flor da nossa jovem Orientação, nomeadamente Vera Alvarez e Luís Silva, respectivamente Campeã Mundial Escolar de Sprint e Vice-Campeão Mundial Escolar na mesma distância.

As inscrições estão a chegar a bom ritmo e dois terços dos 160 lugares disponíveis estão já tomados. Não perca esta oportunidade única. Para aqueles que não conhecem a modalidade, os estágios são uma óptima forma de começar a praticá-la. Para os que já fazem Orientação e querem evoluir, podem encontrar também nos estágios, as condições para atingir esses objectivos.
In O Jogo

Mosteiros de Alcobaça e Batalha Passam a Horário de Verão em 1 de Abril

O Convento de Santa Maria da Vitória e a Abadia de Santa Maria de Alcobaça, mais conhecidos por mosteiros da Batalha e de Alcobaça, vão retomar os horários de Verão a partir de 1 de Abril.

Os dois monumentos, ambos inscritos na lista de Património Mundial pela UNESCO, em 1983 e 1989 adoptam o horário de Verão até 15 de Outubro.

No caso do Mosteiro da Batalha o horário de abertura será entre as 9h00 e as 18h00, encerrando as portas de saída e das Capelas Imperfeitas 30 minutos após o horário anunciado.

O Mosteiro de Alcobaça abre as portas às 9h00 e encerra às 19h00, podendo as entradas serem adquiridas até meia-hora antes do encerramento do monumento.
In Presstur

Habitação Social da Maiorga Recebe Moradores

Oito famílias da freguesia da Maiorga receberam, ontem, das mãos do Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Gonçalves Sapinho, as chaves para a Habitação Social.

Na sessão de boas-vindas dos novos moradores estiveram, ainda, presente o Vice-Presidente, Carlos Bonifácio; a Vereadora do Pelouro da Cultura e Educação, Alcina Gonçalves; o Vereador do Ambiente, Hermínio Rodrigues e a Presidente da Junta de Freguesia da Maiorga, Maria Rosa Domingues.

Concluído há alguns meses, e após alguns impedimentos burocráticos, os novos moradores puderam receber a chave da habitação que irá dar abrigo às oito famílias. A obra custou cerca de 384 000€, e aglomera habitações de tipologias T2 e T3.

Para a atribuição das habitações sociais foi realizada uma candidatura e posterior avaliação do estado de condições das habitações originárias, sendo que estes foram os casos considerados mais urgentes.

Os moradores ficam assim, sujeitos ao pagamento mensal de uma renda de natureza social, estabelecida pela Acção Social da Câmara Municipal de Alcobaça consoante os rendimentos de cada agregado familiar.

O processo de construção deste bairro decorreu do acordo de colaboração assinado, em 1992, entre a autarquia, o Inst. Nacional de Habitação e o IGAPHE, ao abrigo do Dec.Lei 226/87, que prevê o realojamento de pessoas a viver em barracas ou situações similares.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

2 » 23 DE ABRIL - FESTA DOS LIVROS | Biblioteca Municipal de Alcobaça

Arranca no próximo dia 2 "Abril: Festa dos Livros". A iniciativa da Biblioteca Municipal de Alcobaça decorre até ao próximo dia 23 de Abril.

A programação maioritariamente dirigida ao público escolar, mas aberta à comunidade em geral.

PROGRAMAÇÃO EM DESTAQUE
Do teatro à música, às oficinas, aos contadores de histórias a programação é diversificada e recheada de actividades lúdicas para os mais novos. A Biblioteca convida pais e filhos a participarem na sessão de "Contos de Viola", com o Contador António Castanheira e a assistir à apresentação do livro "Os senhores da guerra não gostam de fado", do fadista António Passão.
A entrada é livre e as inscrições obrigatórias para os grupos escolares.

Mais informações:
Biblioteca Municipal de Alcobaça
Cláudia Pereira
Tel.262 580 880

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

domingo, 22 de março de 2009

27ª Emissão do Programa "Um Olhar Sobre a Semana"

Este Domingo, entre as 12 e as 13 horas na Rádio Cister
"Um Olhar Sobre a Semana", um espaço semanal do Departamento de Informação da Rádio Cister que tem como objectivo a reflexão e o comentário sobre as notícias que marcam os nossos dias, ao nível local, regional e nacional (sem deixar o internacional de fora...). Um Olhar Sobre a Semana é um programa editado, apresentado e moderado por José Alberto Vasco, tendo como comentadores residentes José António Canha, José Costa e Sousa e Valdemar Rodrigues.

Temas da 27ª Emissão
- Sabendo-se já que o advogado José Acácio Barbosa vai ser o candidato do Partido Socialista a Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça nas próximas eleições autárquicas, reuniu na passada sexta-feira, em Alcobaça, um plenário de militantes do Partido Social-Democrata, em que o tema em debate era, precisamente, o sentido da escolha do candidato daquele partido à presidência da nossa edilidade nesse acto eleitoral. Até que ponto poderá essa escolha do candidato do PS influenciar as escolhas dos candidatos dos outros partidos a Presidente da Câmara de Alcobaça?

sábado, 21 de março de 2009

S.A. Marionetas Apresenta THEATRUM PUPARUM em Alcobaça

NO ALCOPÁZIO BAR

Sábado, 21 de Março, é o início da Primavera e é também o Dia da Poesia... Mas não só! É também o Dia Mundial da Marioneta. Como tal, o Alcopázio Bar e a Companhia S.A. Marionetas convidam-nos (a todos e mais alguns!) a assistir ao Theatrum Puparum.
O "Theatrum Puparum" (teatro de bonecos) conta com 20 marionetas de varão que trabalham num ambiente medieval. Bonecos feitos de pau e barro manipulados por duas lindas donzelas, os bonifrates iluminados a candeias de azeite relatam as Histórias de "D. Inês de Castro" e "A Padeira de Aljubarrota". "Por ordem do senhor destas terras que as funções sejam feitas de acordo com a verdade dos acontecimentos e que os bonecos representem fielmente as damas e os senhores dessas historias. Os animadores dos bonecos durante as funções estão proibidos de fazer graças sobre a pessoa do rei e da rainha, das damas, dos cavaleiros e dos senhores dessas historias, ou mesmo ao senhor nosso pai, sobe pena de lhes ser retirada a licença para animar bonecos ou receber um castigo maior citado pelo rei ou pelo senhor destas terras."

A entrada será 1,5 marioneta por espectador. Apareçam e divirtam-se! Sábado - 21 de Março - à noite...
Alcopázio Bar - Alcobaça
É de ir!

In Nas Faldas da Serra

Hospital Oeste Norte Sem Decisão à Vista

O processo do novo "Hospital Oeste Norte" mantém-se "em análise, mas sem data prevista", afirmou esta sexta-feira Gonçalves Sapinho, presidente da câmara de Alcobaça, à saída de um encontro com a ministra da saúde, Ana Jorge.

"O processo está em análise, continua em análise, não há ainda nenhuma decisão, nem próximo disso",adiantou.

Segundo o autarca de Alcobaça "não há data nenhuma", prevista. "Disseram que iam decidir até dia 31 de Dezembro, mas de facto não decidiram, ou porque não é prioridade, ou por outra razão qualquer", afirmou.

Gonçalves Sapinho explicou que, na audiência com Ana Jorge, foi "tentar sensibilizar a senhora ministra para as pretensões e vantagens de Alcobaça", como localização do futuro Hospital Oeste Norte.

"A minha função não foi a de acelerar, a minha função foi de resolver o problema e sensibilizar", garantiu.

Gonçalves Sapinho considera que o antigo Hospital de Alcobaça "não é solução nenhuma e por isso tem que ser um hospital novo", a servir as populações.

Recorde-se que Alcobaça já adquiriu terrenos para o futuro "Hospital Oeste Norte", junto ao nó da A-8, em Alfeizerão.

A nova unidade hospitalar servirá 250 mil pessoas dos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos, e Peniche.
In Oeste Online

Apple Parade Nas Escolas Para Promover Alimentação Saudável

Está de volta o projecto "Escola Saudável", que no último ano lectivo promoveu junto de 5000 crianças do distrito de Leiria o consumo de fruta, nomeadamente de maçã qualificada.

A Associação de Produtores de Maçã de Alcobaça (APMA) volta a juntar-se ao Governo Civil de Leiria e é através da promoção da criatividade e dos dotes artísticos dos alunos do 3º ciclo do distrito que se vai dar conta da importância da fruta numa alimentação saudável no combate à obesidade infantil.

Na "Apple Parade Escolar", pretende-se que os alunos decorem uma maçã gigante em fibra de vidro, semelhantes às duas dezenas de maçãs que coloriram o centro de Alcobaça no decorrer da última feira "Mundo da Maçã", no passado mês de Setembro.

Entre Abril e Maio as duas entidades vão visitar as escolas inseridas neste projecto - 20 numa primeira fase - para uma acção de sensibilização alimentar e apresentação das maçãs gigantes já decoradas. Presentes nestas iniciativas vão também estar jovens promotores que darão a provar maçãs de Alcobaça, de origem qualificada, e distribuir informação aos alunos.
In Gazeta das Caldas

Papel Trocado Por Árvores no Dia da Floresta em Alcobaça

Para assinalar o Dia da Árvore e da Floresta, 21 de Março , o Pelouro do Ambiente da Câmara de Alcobaça vai oferecer árvores em troca de papel para reciclar, numa acção que terá lugar nas juntas de freguesia do concelho.

Quem entregar 2 Kg de papel, recebe um pinheiro, um sobreiro, ou uma planta anual, enquanto 5 Kg de papel dão direito a um pinheiro ou sobreiro e uma planta anual. Um pinheiro ou sobreiro e três plantas anuais serão oferecidas a quem entregar 10 ou mais quilogramas de papel.

"Por cada tonelada de papel reciclado evita o abate de 15 árvores" é o mote desta iniciativa de sensibilização, que conta com a colaboração de algumas escolas do concelho. Os vasos das árvores que serão oferecidas têm versos feitos pelos alunos do concelho sobre o tema da reciclagem e do ambiente.
In Gazeta das Caldas

Your Hotel & Spa Finaliza Remodelação e Inaugura Novo Restaurante

O Your Hotel & Spa, uma unidade de três estrelas em Alcobaça, inaugura hoje (20 Março) o seu novo restaurante "Sentidos", um espaço que foi completamente remodelado e que abre agora ao público sob a direcção do chef Gérard.
Além do restaurante, com capacidade para 80 pessoas e especializado em cozinha regional com influências francesas, também os quartos e zonas comuns foram sujeitas a intervenções, numa operação de reposicionamento que está quase a ser concluída e que teve início com a construção do Spa, há cerca de dois anos, adiantou ao turisver.com, Ricardo Santos, director geral da unidade.
Actualmente conhecida como Your Hotel & Spa, a unidade tem já vários anos de história, tendo operado, até finais da década de 90, sob a designação Hotel das Termas da Piedade, devido ao parque termal que ai funcionava e que encerrou em 1997, explicou Ricardo Santos.
Com o encerramento das termas, "era preciso reposicionar o hotel", frisou o responsável, avançando que o processo de renovação se iniciou "há cerca de dois anos", ao longo dos quais "foram já investidos cerca de quatro milhões de euros".
Para já as principais apostas do Your Hotel & Spa passam justamente pelo novo restaurante e pelo Spa, ainda que para o futuro seja esperada a reabertura do parque termal, concluiu Ricardo Santos.
O Your Hotel & Spa conta com 63 quartos, ginásio, estacionamento, piscina para adultos e crianças, bar, parque infantil, court de ténis, restaurante e Spa com vários tratamentos e terapias de relaxamento.
In Turisver

Utilização de Autocarros da Câmara Com Novas Regras

O executivo camarário de Alcobaça mudou as regras de utilização dos autocarros do município.

A redução em 50% dos preços praticados é uma das principais alterações assim como o número de viagens anuais gratuitas para as Juntas de Freguesia e escolas do concelho, que passam a ser três.

Esta alteração ao regulamento dos transportes colectivos, que não se aplica aos transportes urbanos, foi aprovada na última reunião de Câmara com os votos favoráveis do PS e CDU.
(...)
In Rádio Cister

BNEC no Dia Mundial da Marioneta - 21 Março 2009

A companhia S.A.Marionetas - Teatro & Bonecos apresenta "ao fim de muito tempo" a nova aventura do BNEC

Episódio - "Toda a Verdade - Dia Mundial da Marioneta 2009"



Coleccione e divulgue "As Aventuras do BNEC"

"As Aventuras do BNEC" é uma ideia original da S.A.Marionetas e Velcro Design

S.A.Marionetas - Teatro & Bonecos
Apartado 622
2461-901 Alcobaça
Portugal
Tel.: (+351) 967 086 609
Fax.: (+351) 262 597 014
Site: www.samarionetas.com
E-mail: sam@samarionetas.com

Inaugurada I Feira da Ciência e Tecnologia de Alcobaça

O Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Gonçalves Sapinho e o Presidente do Conselho Executivo da Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, Prof. Dr. João Gabriel Carvalho e Silva presidiram ontem à tarde, à sessão de inauguração da I Feira da Ciência e Tecnologia em Alcobaça.
Durante a sessão de abertura, Gonçalves Sapinho destacou a importância desta iniciativa e da necessidade de "maior abertura" para a cooperação entre a Universidade de Coimbra e a Autarquia, no sentido de aproximar os jovens, mas também o público em geral, da Ciência.
No encerramento da sessão, o Prof. Manuel Fiolhais, do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra proferiu a palestra "Olá Tio Albert!", proporcionando uma visita guiada por algumas das descobertas de Einstein, com destaque sempre nas aplicações tecnológicas.
Desde o modo de levantar dinheiro numa caixa automática, das previsões da bolsa, dos dispositivos de segurança, dos sensores, dos automatismos, aos equipamentos GPS dos automóveis, foram muitos os exemplos apresentados pelo Prof. Manuel Fiolhais e cuja concepção não existiria sem o contributo do génio da física, Einstein.
O certame foi visitado por mais de duas centenas de jovens, durante o primeiro dia, que tiveram a oportunidade de participar em diferentes experiências, conhecer melhor o funcionamento da robótica e os laboratórios de Hidráulica, Ciências da Terra, Biologia, entre outros.
A iniciativa, integrada no âmbito das actividades desenvolvidas pela Universidade de Coimbra, no Concelho de Alcobaça, através do Centro de Estudos Superiores, pode ser visitada até ao próximo sábado, 21 de Março, dia em que está aberto ao público em geral.

A I Feira da Ciência e Tecnologia de Alcobaça é uma organização da Câmara Municipal de Alcobaça e da Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra.

Mais informação em http://www.fct-alcobaca.terradepaixao.net.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

quarta-feira, 18 de março de 2009

A Nossa Imprensa

Alcobaça: Apagão afectou três mil clientes
Diário Digital

Fogo deixou sem electricidade 10 mil alcobacenses
Diário de Leiria
- -
Só 3 vezes mais...

FESGATA – VIII Encontro

FESGATA - Festival Amador dos Grupos de Teatro do Concelho de Alcobaça
27 Março a 16 Maio



Vamos ter a estreia, no dia mundial do Teatro, 27 Março, pelas 21:30h, no Cine-Teatro de Alcobaça, da peça "Bonecos de Luz", numa adaptação do Autor Romeu Correia, protagonizada por actores dos vários grupos amadores de teatro do concelho de Alcobaça e encenada por duas actrizes profissionais.
A peça "Bonecos de Luz" tem um elenco de actores, todos eles amadores, contudo tem um cariz muito profissional, visto ser encenada por duas profissionais: Sofia Bernardo e Yolanda Santos, licenciadas em teatro e com grande experiência no trabalho de palco como actrizes.

Esta encenação/formação insere-se no âmbito do FESGATA - Festival Amador dos Grupos de Teatro do Concelho de Alcobaça - VIII encontro, que decorre de 27 Março a 16 Maio.
A NUCCA, entidade organizadora deste projecto, tem nos últimos anos apresentado propostas e criado condições para que os grupos de teatro obtenham formação teatral, para que assim, os grupos exibam mais e melhor Teatro Amador.
No ano de 2008 foi feita uma formação/ encenação que manifestou grande participação de muitos elementos de vários grupos. Criou-se assim bases e vontade para que, neste ano de 2009, se pudesse integrar no FESGATA, uma nova formação/encenação de uma peça a estrear, pela primeira vez, na melhor sala de espectáculos do concelho: o Cine-Teatro de Alcobaça.

Organização: NUCCA, Nova União das Colectividades do Concelho de Alcobaça
Apoio: Câmara municipal de Alcobaça e Centro Cénico da Cela

- -
Projecto
Formação / Encenação de Teatro

Tema
- Curso de formação de teatro com encenação e apresentação de uma peça como trabalho final.

Formandos
- Dirigido a todos os elementos dos grupos de teatro do concelho de Alcobaça.

Formadores
- Sofia Bernardo e Yolanda Santos actrizes profissionais licenciadas em teatro e com reconhecimento na área formativa e de encenação.

Horas
- Formação de 120 horas em horário pós laboral.

Objectivo
Enriquecimento pessoal como actores e beneficiar assim os grupos de teatro a que cada um pertence.
Proporcionar mais e melhor teatro para os espectadores do concelho.
Facultar aos participantes formandos conhecimentos na área teatral, para que o trabalho final desta formação, a encenação da peça "Bonecos de Luz", seja uma produção profissional feita por amadores.

Horário
- De segunda a sexta
Das 21h às 22h formação geral de teatro para todos os interessados dos vários grupos (teoria e pratica exemplo (voz, corpo, expressão, interpretação de texto etc. ...)
Das 22h ás 00h encenação da peça para os actores e restante elenco que participa nos "Bonecos de Luz"

Local
- Centro Cénico Cela


Encenação
"Bonecos de Luz"

História do início do séc. XX que retrata a chegada, pela primeira vez, do cinema a uma pequena aldeia.
Esta peça fala-nos da vida de Zé Pardal, um rapaz órfão e vagabundo.
Ao longo de variadíssimas aventuras, nas quais faz vários amigos e conhece várias personagens, Zé tem a experiência enternecedora que mudará a sua vida: quando a trupe dos bonecos de luz chega à aldeia, Zé vê um filme de Charlot pela primeira vez ... vê cinema pela primeira vez ... e pela primeira vez vê a vida, tal como ela é, projectada num lençol ...
Assim, Zé Pardal cresce e cada vez se parece mais com a figura dos bonecos de luz, vagabundo engraçado e esguio de bigode e chapéu de coco. Cada vez se parecia mais com o outro, aquele "que saindo do lençol branco, caminhava em busca de mais aventuras".
É precisamente o fascínio por esta figura que acaba por determinar a sua vida...

Autor - Romeu Correia
Encenação - Sofia Bernardo, Yolanda Santos
Actores - Marília Cordeiro, Celestino Bagagem, Luís Santos, Tomas Jordão, Fábio Almeida, José Carlos, José Machado
Colaboração e Direcção - João Bernardo, João Carlos
Cenografia e Figurinos - Sofia Bernardo, Yolanda Santos
Desenho de Luzes - Sofia Bernardo, Yolanda Santos
Sonoplastia - Sofia Bernardo, Yolanda Santos
Operação de Luz e Som - João Carlos
Produção - NUCCA (Márcio Sousa, Joaquim Franquinho, Marília Cordeiro)
Grupos Participantes - Grupo de Teatro Pó d’ Palco (Valado Santa Quitéria), Grupo de Teatro Estrelas de Palco (Boavista), Grupo de Teatro Gruteafil (Pataias), Grupo Teatro S. Martinho (São Martinho Porto) e TAC - Teatro Amador Centro Cénico da Cela


- -
Agenda de actuações da Peça
"Bonecos de Luz"

Estreia
27 Março - Cine-Teatro de Alcobaça
4 Abril - Pataias - Sociedade Filarmónica Pataiense
11 Abril - Boavista - Associação Recreativa e Cultural da Boavista
17 Abril - Cela - Centro Cénico Cela

Contactos
Produção:
Joaquim Franquinho - 933206863 - jfranquinho@gmail.com
Márcio Sousa - 914307686 - msousa27@gmail.com

Mais Informação: http://nuccaticias.blogspot.com/

terça-feira, 17 de março de 2009

Academia de Música Lidera Apoios da Direcção-Geral das Artes

O 1º Concurso Internacional de Música de Câmara e o Cistermúsica foram os grandes responsáveis pela liderança da Academia de Música de Alcobaça na candidatura que apresentou a apoios financeiros da Direcção-Geral das Artes (dgartes).

A candidatura de Alcobaça foi contemplada com 89,3% do valor pedido, que era de 45 mil euros. A Academia receberá anualmente 36.180,00 euros, durante os próximos 4 anos, o que perfaz um valor de 144 mil euros.

O primeiro evento decorrerá entre 28 de Março e 03 de Abril e deverá trazer até ao Cine-Teatro de Alcobaça 37 grupos, num total de 128 músicos, de oito países (Brasil, Espanha, Estados Unidos da América, França, Hungria, Polónia, Portugal e Reino Unido).

O 17º Cistermúsica, cujo programa deverá ser apresentado em breve, terá como temática a música de câmara.

É a terceira vez que o Cistermúsica recebe apoios do Estado mas a primeira em que é contemplado de forma plurianual.

Os apoios governamentais na área da música, contemplaram, ainda, a candidatura apresentada pela Biblioteca de Instrução e Recreio, no âmbito do Festival de Jazz de Valado dos Frades.

Na área da dança, a dgartes contemplou a Associação Cultural de Bailado Contemporâneo de Alcobaça - CeDeCe - Companhia de Dança Contemporânea.
In Rádio Cister

Projecto "COPOS - Quem Decide És Tu" Vai Passar Por Alcobaça

A Juventude da Cruz Vermelha Portuguesa vai promover em Alcobaça o projecto "COPOS - Quem decide és tu".

A iniciativa, a cargo da delegação de Leiria, escolheu a Escola Dona Inês de Castro para divulgar, entre 25 e 26 de Março, um projecto que também envolve o Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT) e a Direcção-Geral da Saúde (DGS).

A intervenção do projecto está dividida em três fases. A primeira, relaciona-se com a deslocação dos voluntários às salas de aulas das escolas secundárias para divulgar e esclarecer os jovens dos 14 aos 20 anos, sobre as consequências do consumo excessivo de álcool.

Numa segunda fase, os jovens são convidados a participar num concurso nacional sobre o álcool e a juventude e, na terceira fase a criação do espaço "COPOS - Quem decide és tu", uma "tenda aberta a todos os alunos e comunidade educativa", onde os jovens poderão aceder à internet, participar em jogos lúdicos e interactivos e em debates.
In Rádio Cister

Escola D. Pedro I Recriou Mercado do Século XIX

A Escola D. Pedro I, em Alcobaça, recriou, esta quinta-feira, um mercado do século XIX, através dos alunos do 6º A.
A recriação, no âmbito da disciplina área de projecto, inseriu-se no tema "Alcobaça no coração de quem passa" e contou com a participação do CEERIA, que foi recebido com cantares idênticos aos que existiam na época novecentista.

Segundo a professora Ana Pereira, a recriação pretendeu mostrar de forma credível os hábitos existentes através da participação dos alunos.
In Rádio Cister

Atelier de Plantas Medicinais em Alcobaça

No próximo dia 21, em que se assinala o Dia Mundial da Árvore e da Floresta, a Câmara de Alcobaça vai levar a cabo um Atelier de Plantas Medicinais.

A dirigir esta iniciativa vão estar uma técnica municipal e Fernanda Botelho, especialista em plantas medicinais e aromáticas, que vão falar da importância da biodiversidade autóctone, ensinar a conhecer as plantas medicinais, formas de plantação e utilização, propriedades medicinais, dar conselhos práticos e receitas de cosmética e culinária, bem como promover a cultura científica e a educação ambiental.

O atelier destina-se a professores, técnicos de ambiente e público em geral e está limitado a 20 participantes, com prioridade para os docentes.

A realizar na Escola Adães Bermudes entre as 14h00 e as 18h30, o atelier tem um custo de 13 euros e as inscriçõess devem ser feitas via CTT para o Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Alcobaça (Rua da Liberdade, 2460-501 Alcobaça).

Mais informações sobre esta iniciativa podem ser obtidas através de e-mail para sofia.quaresma@cm-alcobaca.pt, ou do Tel. 262580800.

In Gazeta das Caldas

I Concurso Internacional de Música de Câmara "Cidade de Alcobaça"


A Câmara Municipal de Alcobaça e a Academia de Música de Alcobaça organizam de 29 de Março a 3 de Abril o I Concurso Internacional de Música de Câmara "Cidade de Alcobaça".

O Concurso Internacional de Música de Câmara de Alcobaça tem como objectivo a divulgação da Música de Câmara, premiando o esforço e o talento dos participantes.

A credibilidade do Concurso assenta num conjunto de virtudes que começam pela tradição histórica que a Música tem no Concelho de Alcobaça, mas, essencialmente, pela qualidade e distinção do júri que terá a árdua missão de avaliar as prestações de todos os grupos.

Mais Informação: http://www.cimca.eu/

Cerâmica Em Debate

CMA COMUNICA MEDIDAS APRESENTADAS PELO SECRETÁRIO DE ESTADO

O Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Gonçalves Sapinho, acompanhado pela maioria do Executivo, e o Vice-presidente executivo da Associação Portuguesa da Indústria Cerâmica (APICER) José Luís Sequeira, reuniram-se esta manhã, no Cine-Teatro de Alcobaça, com os empresários do sector.
No encontro foram comunicadas as conclusões da reunião tida com o Secretário de Estado da Indústria e Inovação, Prof. Castro Guerra, no passado dia 2 de Março. Na sequência das proposta apresentadas, os empresários revelaram-se insatisfeitos na medida em que estas soluções são insuficientes para a crise que o sector atravessa.

Sensibilizada com a situação, a Autarquia - após acolher e implementar uma das propostas apresentadas pelos empresários na anterior reunião (baixa do preço da água) - mostra-se disponível para continuar a apoiar os empresários nas iniciativas que tenham por oportunas e também numa perspectiva de médio-longo prazo, através do Projecto CERAMICA. A decorrer está já a Análise SWOT ao sector, com o objectivo de fazer um levantamento pormenorizado das empresas que laboram no Concelho de Alcobaça.

PROJECTO CERAMICA
A promoção, revitalização e apoio ao sector cerâmico são os objectivos essenciais do Cerâmica, para além da troca de experiências e a exportação de boas práticas, reconhecendo que entre os sócios existe um interesse em promover o sector.

O Município de Alcobaça receberá cerca de 232 mil Euros, sendo da sua responsabilidade a organização do Segundo Encontro Inter-regional, por cuja ocasião promoverá uma Feira Internacional de Cerâmica. O evento terá lugar no ano mês de Fevereiro de 2011, e prevê-se a vinda, por um período de três a cinco dias, de todos os parceiros do projecto e entidades convidadas por cada um dos países que integram o projecto.

Este projecto é liderado pelo município de Hódmezóvásárhely (Hungria) e fazem parte dele também o Município de Alcobaça e outras entidades de países como: França, Roménia, Eslovénia, Espanha e Grécia.

MEDIDAS APRESENTADAS
Da reunião com Secretário de Estado Adjunto da Indústria e Inovação, António José de Castro Guerra ficou a garantia de uma nova linha de crédito no valor de 200 milhões de euros para a Indústria, e também, para o sector da Cerâmica.
Relativamente às PME - Pequenas Médias Empresas, a medida apresentada refere-se ao número de trabalhadores, que ao invés dos 250 funcionários mínimos exigidos, passa a ser ilimitado – abrindo assim a porta às grandes empresas.
Relevante para o sector, é também, a linha de crédito para as empresas que exportem para novos mercados, que assim beneficiam de apoios financeiros.
A formação profissional passa a ser uma aposta para as empresas que tenham interrupções devido à falta de trabalho. Deste modo, combate-se a actual situação de crise, qualificando os trabalhadores.
Foi, também, criado um Fundo de Fusões e Aquisições, este fundo imobiliário visa beneficiar as empresas com problemas de tesouraria. Os imóveis das empresas podem servir para combater os problemas financeiros, e quando esses problemas forem resolvidos a empresa terá prioridade na aquisição dos mesmos.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

I Feira da Ciência e Tecnologia de Alcobaça

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em parceria com a Câmara Municipal de Alcobaça realizam, entre 17 e 21 de Março de 2009, a I Feira da Ciência e Tecnologia de Alcobaça, no pavilhão multiuso Mercoalcobaça, em Alcobaça.

A iniciativa, integrada no âmbito das actividades desenvolvidas pela Universidade de Coimbra, no concelho de Alcobaça, através do Centro de Estudos Superiores, dirige-se aos estudantes e professores do Ensino Básico (9º ano de escolaridade) e Secundário dos distritos de Leiria, Coimbra, Santarém e (norte de) Lisboa (preferencialmente).

Com o objectivo de promover o conhecimento científico e tecnológico na região, o certame proporciona, aos visitantes, o contacto directo com a investigação e a comunidade científica. O público em geral poderá visitar o certame no dia 21 de Março.

A acção é constituída por diferentes tipos de actividades, tais como: exposições temáticas, palestras, conferências e debates; laboratórios e outras actividades de carácter experimental de tipo demonstrativo e/ou tipo "hands on", com a presença de investigadores, docentes e alunos de diferentes áreas cientificas e tecnológicas.

As inscrições para os grupos escolares estão abertas de 16 a 27 de Fevereiro e deverão ser realizadas, através do email fctalcobaca@fct.uc.pt.

O site http://www.fct-alcobaca.terradepaixao.net tem disponível toda a informação sobre o evento.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

sexta-feira, 13 de março de 2009

INJAZZ Alcobaça + Benedita » 13.14 Março'09

É já hoje!

Município Lança Cartão Que Dá Descontos a Seniores

Os seniores do concelho de Alcobaça vão ter direito a descontos no acesso a alguns serviços da Autarquia, através do Cartão Sénior Municipal.

Numa primeira fase, os beneficiários vão ter direito a descontos nos espectáculos promovidos pela Câmara Municipal e nas facturas do consumo de água.

De futuro, o cartão sénior irá dar descontos nas taxas e licenças camarárias, em lojas do comércio tradicional e em farmácias aderentes, segundo explicou Alcina Gonçalves, vereadora da Acção Social.

Apesar de aprovada por unanimidade, na Câmara e na Assembleia Municipal , a medida não escapou às críticas do vereador da CDU, nomeadamente a idade mínima de acesso.
Rogério Raimundo lamenta que o Cartão Sénior não permita o acesso de pessoas carenciadas e com menos de 65 anos pois existem reformados com pensões baixas e que ainda não completaram os 65 anos de idade.

O vereador da CDU sugeriu, por seu lado, que a autarquia trabalhe em conjunto com as Instituições Particulares de Solidariedade Social e Juntas de Freguesia na procura de respostas que minimizem as dificuldades dos mais idosos e desfavorecidos, dando como exemplo a constituição de brigadas que fizessem "pequenas reparações" nas habitações dos idosos que vivem isolados.

O PS também aprovou, por seu lado, o cartão sénior por entender que se está a ajudar quem mais precisa.

O cartão sénior estará, dentro de pouco tempo, disponível aos munícipes, residentes em Alcobaça, que tenham mais de 65 anos e aufiram de um rendimento inferior ao salário mínimo.
In Rádio Cister

Jardim Botânico de Alcobaça Salva Espécies Regionais

Cumpre-se o sonho de Vieira Natividade
Alcobaça vai criar o seu próprio Jardim Botânico para preservar espécies frutícolas únicas.

O Projecto, da autoria do deputado municipal de Alcobaça, eleito pelo PSD, Raul Duarte, que foi apresentado na Comunidade Intermunicipal do Oeste (CIMOESTE), onde estiveram presentes doze municípios que representam o oeste, pretende trazer para «Alcobaça uma colecção de todas as variedades regionais portuguesas da fruticultura» que serão implantadas «numa área de 5 hectares junto Estação Nacional de Fruticultura Vieira Natividade e do Rio Alcoa» onde se pretende «fazer um jardim que dará contributos ao nível científico, dando material genético para melhoramento e encontro de novas variedades; preservando material vegetal e servindo de área de lazer», aberto a alcobacenses e visitantes.

O projecto envolve botânicos, cientistas, arquitectos e vários municípios que estarão presentes através dos seus produtos.

«Trata-se, no fim de contas, de interpretar as palavras de Vieira Natividade que sempre ambicionou ter um jardim do éden onde figuravam os frutos dados pela Deusa Fruticultura», disse Raul Duarte. O deputado municipal considera, ainda, que o projecto terá um «grande impacto» por ser, conforme explicou, «único a nível Ibérico único» e, a nível europeu, quase único visto «existirem actualmente cerca de dois mas que terão poucas semelhanças com o que se pretende construir em Alcobaça», acrescentou.

Está prevista, para breve, uma reunião com todos os municípios e diversos organismos ligados à agricultura, economia e turismo, bem como com responsáveis pela Estação Fruticultura, Instituto de recurso biológicos e Instituto Nacional de Investigação Agrária para estabelecer o protocolo que dará início ao projecto que, segundo Raul Duarte, «poderá ser lançado muito em breve».

Para concretizar o Jardim Botânico, os seus autores contarão com os contributos de verbas do QREN, das compensações devidas ao Oeste pela não concretização do aeroporto na Ota e de municípios que tenham espécies que interessem preservar neste Jardim.
In Rádio Cister

Balcão das Heranças e Divórcio com Partilha na Conservatória

A Conservatória do Registo Civil de Alcobaça conta, desde o passado dia 19 de Março, com um Balcão das Heranças e Divórcios com Partilha do Património Conjugal.

No Balcão das Heranças é possível realizar todas as operações e actos relacionados com a sucessão por morte. Já no Balcão Divórcio com Partilha são tratados os processos de partilha de bens de um casal cujo divórcio seja concretizado por mútuo consentimento.

Este balcão foi criado no âmbito das medidas levadas a cabo pelo Ministério da Justiça para o Programa Simplex 2007, com o objectivo de reduzir os obstáculos burocráticos e formalidades dispensáveis em actos de natureza notarial e registral. O Balcão das Heranças e Divórcios com Partilha está já presente em mais de 26 localidades do país.
In Oeste Online

quarta-feira, 11 de março de 2009

Alcobaça Apresentou Plano de Melhorias Rodoviárias

As Estradas de Portugal deverão pronunciar-se em breve sobre algumas das propostas entregues por Alcobaça com vista a diversos melhoramentos rodoviários de vias que atravessam o concelho. Esta foi a garantia deixada pelos responsáveis por este organismo a Gonçalves Sapinho, presidente da CMA, durante a reunião mantida na passada sexta-feira.

O plano de melhoramentos nas vias rodoviárias que atravessam Alcobaça inclui, nomeadamente, o IC9 e requalificação do IC2, obras que se encontram incluídas na Concessão Litoral Oeste; melhoramentos em algumas estradas nacionais, como a 8-6 entre Alcobaça e a Benedita; a 8-5 entre Alcobaça e a Nazaré; a 242 entre Alfeizerão e a Martingança, onde se aguarda, também, pela desclassificação da EN 356 que deverá ser feita logo que esteja concluída a construção da ponte sobre a linha ferroviária do Oeste.

O projecto prevê, ainda, a requalificação da Avenida Rainha Santa Isabel, em Pataias, e a construção de duas variantes, uma em Benedita, no âmbito da intervenção no IC2, e outra em Alfeizerão, justificada pela reduzida largura da EN 242 que atravessa a vila.

Alcobaça apresentou já esta terça-feira o plano ao Secretário de Estado das Obras públicas na esperança de que aquelas que vierem a ser rejeitadas pelas Estradas de Portugal sejam assumidas pela administração central.

Ainda ao nível das acessibilidades, Alcobaça viu, recentemente, garantida a ligação entre a VCI e o IC9, no âmbito das medidas de compensação pela não construção da Variante Externa.

In Rádio Cister

- -
Será que os melhoramentos na EN 8-6 entre Alcobaça e a Benedita incluem as variantes a Évora de Alcobaça e Turquel?

Reunião Com Os Empresarios Do Sector Cerâmico

Realiza-se no próximo dia 13 de Março, pelas 10h00, no pequeno Auditório do Cine-Teatro de Alcobaça uma nova reunião com os empresários da Indústria Cerâmica.

No encontro serão comunicadas as conclusões da reunião tida com o Secretário de Estado da Indústria e Inovação, Prof. Castro Guerra, no passado dia 2 de Março.

Este novo encontro surge na sequência da reunião do dia 28 de Janeiro com representantes dos Municípios de Alcobaça, Batalha, Nazaré e Porto de Mós, dos sindicatos, Associações e das várias empresas de cerâmica do Concelho de Alcobaça, na sequência da qual o Gabinete da Presidência da Câmara de Alcobaça elaborou um documento com propostas para o Governo, que viria a ser subscrito por todos os presentes e entregue ao Governante na passada semana.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Julgado de Paz Publicado em Diário da República

Autarquia Estuda Instalações

Foi publicado em Diário da República o Decreto-Lei nº 60/2009, de 4 de Março, que contempla a criação do Julgado de Paz de Alcobaça.

A implementação deste tribunal foi aprovada na sequência da candidatura conjunta de Alcobaça, Caldas da Rainha, Nazaré e Óbidos junto do GRAL - Gabinete para Resolução Alternativa de Litígios, em 28 de Dezembro de 2007.

A criação dos Tribunais Julgados de Paz resulta da parceria entre o Governo e o Poder Local, que possibilitando a institucionalização desta nova forma de administração da justiça no ordenamento jurídico.

Os Julgados de Paz têm a responsabilidade de resolver causas de valor reduzido, de natureza civil, excluindo as que envolvam matérias de Direito da Família, Direito das Sucessões e Direito do Trabalho.

Com a entrada em funcionamento dos primeiros quatro julgados de Paz, em 2002, estes tribunais têm visto o seu número de processos entrados aumentar todos os anos, tendo sido atingido, durante o ano de 2008, o número de 24 000 processo entrados.

Por outro lado, o tempo médio de resolução dos processos mantém-se estável em cerca de dois meses.

Ficou ainda definido em decreto-lei, que a criação dos Julgados de Paz entrou em vigor em 4 de Março, após audição com o Conselho Superior da Magistratura, a Ordem dos Advogados, a Associação Nacional de Municípios Portugueses e a Associação Nacional de Freguesias.

Por definir neste momento está ainda o espaço para a localização deste novo serviço, assunto que a Autarquia está, de momento, a tratar, no sentido de escolher as melhores instalações, face à finalidade.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Atelier de Plantas Medicinais no Dia Mundial da Árvore e da Floresta

O Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Alcobaça promove, no próximo dia 21 de Março, na Escola Adães Bermudes, entre as 14h00 e as 18h30, um Atelier de Plantas Medicinais.

As plantas medicinais no jardim e na horta estão em debate no atelier, dirigido por uma técnica municipal e por Fernanda Botelho, no dia em que se comemora o Dia Mundial da Floresta e Dia da Árvore.

Com esta iniciativa pretende-se compreender a importância da biodiversidade autóctone, conhecer as plantas medicinais, as formas de plantação e sua utilização, conhecer as propriedades medicinais, os conselhos práticos, as receitas de cosmética e de culinária, promover a cultura científica e a educação ambiental.

Destinada a professores, técnicos de Ambiente e ao público em geral, a actividade realiza-se com um mínimo de 10 pessoas e um máximo de 20 havendo prioridade de inscrição para professores.

Inscrições: até 15 de Março, via CTT (Pelouro do Ambiente - Rua da Liberdade, 2460-501 Alcobaça).

Preço: O custo individual é de 13€ - no acto de inscrição.

Pelouro do Ambiente sofia.quaresma@cm-alcobaca.pt
Tel: 262 580 800 Fax: 262 580 887

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt 262 580 843/61

II Concurso de Canções do 1.º Ciclo de Alcobaça

Subordinada ao tema "Ser Criança", a segunda edição do Concurso de Canções realiza-se esta semana.

Mais de 2000 alunos dos cinco agrupamentos de escolas do concelho de Alcobaça sobem ao palco para as eliminatórias (por agrupamento).

Numa tarde de convívio, as crianças vão expressar-se musicalmente, interpretando uma canção que foi ensaiada nos últimos meses pelos professores de música.

Mais informação:
Rui Morais - Director da Academia de Música de Alcobaça - Telm. 962335728
Dalila Vicente - Coordenadora das Actividades de Enriquecimento Curricular do 1.º Ciclo - Música - Telm. 963279817 / 918791791

Gabinete de Comunicação da AMA
Academia de Música de Alcobaça
Rua Frei António Brandão, 50-52 - Ap. 530
2460-047 Alcobaça
Tel: 262 597 611 Tlm: 96 254 35 44 / 42
Fax: 262 597 613
geral.academiamusicalcobaca@gmail.com

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Autarquia Aposta em Nova Sinalética em Passagens de Peões

Segurança rodoviária e energias renováveis de braço-dado

O Município de Alcobaça está a implementar passadeiras luminosas e lombas reflectoras em diversas passagens para peões, no Concelho.

O investimento ronda os 15 mil euros e foi implementado, por agora, nas seguintes vias: Rua de Olivença (junto à PSP), na Avenida Manuel da Silva Carolino e na VCI. Na Avenida Manuel da Silva Carolino, que liga os Paços do Concelho ao parque de estacionamento da Cova da Onça, foi também colocada sinalização luminosa vertical.

Nos principais pontos negros nas freguesias do Concelho a autarquia está a proceder à colocação de lombas redutoras de velocidade e de marcadores solares, alertando os condutores para a passagem de peões.

Com o objectivo de promover a segurança rodoviária, a instalação desta nova sinalética traduz uma aposta da autarquia nas energias renováveis, sendo que as passadeiras carregam durante o dia para funcionarem durante a noite.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

sábado, 7 de março de 2009

25ª Emissão do Programa "Um Olhar Sobre a Semana"

Este Domingo, entre as 12 e as 13 horas na Rádio Cister
"Um Olhar Sobre a Semana", um espaço semanal do Departamento de Informação da Rádio Cister que tem como objectivo a reflexão e o comentário sobre as notícias que marcam os nossos dias, ao nível local, regional e nacional (sem deixar o internacional de fora...). Um Olhar Sobre a Semana é um programa editado, apresentado e moderado por José Alberto Vasco, tendo como comentadores residentes José António Canha, José Costa e Sousa e Valdemar Rodrigues.

Temas da 25ª Emissão
- A passada semana ficou marcada por graves incidentes ocorridos na Guiné-Bissau, onde no mesmíssimo dia foram assassinados o Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, General Tagmé Na Waié, e o Presidente da República, Nino Vieira. Neste início de século e poucas décadas após o fim da descolonização, a violência pura continua a sobrepor-se ao Estado de Direito como modo de tentar resolver questões políticas em muitos países africanos... Poderemos ainda esperar uma África suficientemente segura neste início de século?

- Informações desta semana garantem que o desemprego subiu 28% no distrito de Leiria, durante o passado mês de Janeiro, face a igual período do ano anterior. Segundo os mesmos dados, em Alcobaça, essa subida atingiu os 26%, com 3060 pessoas no desemprego. Em ano de eleições autárquicas, que respostas poderão esperar essas pessoas dos políticos locais?

- -
Opinião Pessoal - Valores do desemprego
Confesso que os valores publicados referentes ao distrito de Leiria e em especial Alcobaça não me provocaram grande admiração. Estou algo céptico quanto ao futuro das nossas empresas, em especial em Alcobaça, pois infelizmente não vejo quaisquer mudanças ou quaisquer adaptações a uma nova realidade que tem de ser encarada com muita coragem, muita determinação e em especial muita criatividade.
Ao longo dos últimos anos, e numa altura em que os mercados sofreram alterações profundas, derivadas da concorrência de novos países, das alterações dos padrões de consumo e das alterações das formas de elaboração do próprio comércio, as empresas de Alcobaça permaneceram estáticas sem nunca se preocuparem em implementarem reestruturações de fundo nos seus modelos. A velha "Foi assim que me ensinaram, é assim que vou continuar a fazer" muito usada em Alcobaça é algo que deveria ter sido abolido há alguns séculos atrás.
No fundo, com as alterações sentidas, as empresas nunca acompanharam os mercados, nunca se quiseram adaptar e nunca foram criativas o suficiente para valorizar os seus produtos em relação à restante concorrência, desta vez mundial.

Outro problema fundamental e a meu ver ainda mais grave prende-se com o modelo de gestão das nossas empresas. A gestão familiar, orientada em função das necessidades da família e amigos próximos.
Toda e qualquer empresa que queira ter futuro, a dada altura tem de optar. Ou continua pequena, familiar e a servir de sustento da família, ou dá o salto e se torna numa empresa a sério com vontade, ambição e a seguir as linhas das grandes empresas com bons gestores, bons técnicos e por aí fora...
Claro está que em Alcobaça sempre se pensou pequeno e se a empresa é minha, há-de continuar minha, sobre a minha alçada e não vou abrir mão. Assim também é mais fácil de controlar e lá vou gerindo os dinheiros à minha maneira e como me é mais conveniente.
Posto isto, lá está que os gestores não têm qualificações, os futuros gestores, filhos dos empresários ainda menos, e as empresas acabam por começar a definhar.

Acresce também o peso dos elevados encargos destas empresas familiares. Como todos sabemos, e seguindo os exemplos das cerâmicas que temos em Alcobaça, os encargos destas empresas com pessoas que não produzem e que não são nenhum valor acrescentado para a empresa são gigantescos. As empresas Alcobacenses funcionam para alimentar os luxos dos próprios donos, de toda a família e de outros elementos mais próximos. Os encargos com salários elevadíssimos a pessoas que nem sequer entram nas empresas é surreal. Ora lá está, que na hora de competir em termos de preços com outras empresas melhor geridas não conseguem acompanhar. Seria bom que se começassem a evitar estrelas da moda, televisão e outros...

É por isso que não podemos ficar à espera que sejam as entidades governamentais a resolver problemas que são no fundo problemas estruturais das próprias empresas.

Ginja M.S.R. de Alcobaça na RTP2



www.ginja.pt

Novo Blogue Alcobacense

Nasceu ontem, no dia 6 de Março mais um blogue Alcobacense, A Ignorância é Atrevida, da autoria de Raúl Duarte. Os objectivos foram expressos na sua primeira postagem:

"Na minha grande ignorância, tenho o atrevimento de tentar alinhar umas quantas frases e manifestar livre e democraticamente a minha opinião.

Coisa certa é que não vou molestar pessoas nem consciências!

Dou assim asas a uma liberdade que me é conferida como cidadão. -Falar de tudo, criar expectativas positivas e,esperar que leiam e comentem."

O endereço é: http://marca-qualidade.blogs.sapo.pt/

Bem-vindo e votos de grande sucesso.

CDS/PP de Alcobaça Promove Conferência "Re-Industrializar Portugal"

Com a presença do gestor Miguel Mattos Chaves
O CDS/PP de Alcobaça promove, no dia 14 de Março, pelas 21h30, no Auditório da Biblioteca Municipal desta cidade, uma conferência subordinada ao tema "Re-Industrializar Portugal". Será orador Miguel Mattos Chaves, gestor e vice-presidente do CDS. Pela conjuntura de crise que vivemos, pela importância do tema em debate e pela qualidade do orador, que dispensa apresentações, a Comissão Política Concelhia de Alcobaça do CDS/PP decidiu abrir a conferencia a todos, independentemente de filiação ou simpatia partidária.
In Tinta Fresca

sexta-feira, 6 de março de 2009

CINE-TEATRO DE ALCOBAÇA // ACÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO DA PSP » 7 Março, 14h30 e 17h30


A PSP de Alcobaça vai promover uma peça de teatro para alertar a comunidade para os "burlões" e para os chamados "Contos do Vigário", dia 7 de Março (sábado), pelo Grupo de Teatro da Escola D. Inês de Castro.

Entrada gratuita.

HORÁRIO DA BILHETEIRA:
Terça a Sexta > 13h30 às 18h
Sábado,Domingo e Feriados > 15h às 18h
Domingo e Segunda (em dias de cinema) > 20h às 22h
Telefone / Reservas: 262 580 890 | Ext. 5000 (dentro do horário da bilheteira)

As "Noites Mais Música" no Maria's

Zé Águas & Geada ao Vivo

Hoje, Sexta dia 6

"Noites Mais Música"
no Maria's

Alcobaça

quinta-feira, 5 de março de 2009

Apresentação Pública de "A tua cara não me é estranha"

LANÇAMENTO DO LIVRO INFANTIL "A TUA CARA NÃO É ESTRANHA"
A actriz Isabel Motta apresenta, no próximo dia 7 de Março, pelas 16h30 na Sala Infantil da Biblioteca Municipal de Alcobaça, o primeiro livro infantil intitulado "A tua cara não me é estranha".

"A tua cara não me é estranha" é história de força e coragem de uma fuinha chamada "Luca" que não se deixou vencer pelos obstáculos que se atravessaram no seu caminho para destruir o seu sonho. Esforçou-se e acreditou sempre que era possível realizar tudo aquilo em que acreditava. Trabalhou para vencer e conseguiu sem nunca desanimar até vencer.

Hoje, dedicada à escrita a tempo inteiro, Isabel-Victoria da Motta foi actriz de cinema, teatro e televisão. A actriz e autora é conhecida pela sua participação em telenovelas como "Vila Faia", "Origens", "Palavras Cruzadas" ou "Cinzas", e nas séries de televisão "Eu Show Nico" e "Concertos na Cave" ou "Marina Marina". No cinema destaca-se em "O Lugar do Morto" e "O Barão de Altamira" e, sobretudo, no teatro cómico e de revista, tendo contracenado com os grandes nomes do palco português dos últimos 30 anos.

Nascida em Viseu, Isabel Motta frequentou o Conservatório em Lisboa e estreou-se nos palcos em 1973, primeiro no teatro independente, depois no profissional. Em 1989 decide instalar-se em Paris, ano em que começa a escrever no seu estúdio em Montmarte, inspirada pela arte e pelos artistas que a rodeiam.

O primeiro livro surge no final da década de 80, "Tantin, a raiva da tarântula" (poesia). Seguem-se incursões pelo multimédia, com um conjunto de "short stories" em CD-ROM (a primeira experiência do género em Portugal), e o livro de contos "Podes imaginar as saudades que tenho tuas?".

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

INJAZZ - A Grande Festa do Jazz Português em Alcobaça


A 5ª edição do INJAZZ passa por Alcobaça nos próximos dias 13 e 14 de Março. O grande festival itinerante dedicado exclusivamente ao jazz feito por músicos portugueses continua a dar prioridade aos projectos originais, à semelhança das edições anteriores. E desta vez com a abertura do convite a conceituados músicos estrangeiros para integrarem a formação de músicos portugueses.

Sexta, 13 Março 22h | Jesse Davis + Melo/Santos 4tet | Cine-Teatro de Alcobaça
JESSE DAVIS

Uma das vozes consagradas do saxofone alto no jazz vai estar em Portugal para dois grandes concertos.
Nascido em New Orleans, Jesse Davis foi influenciado por Charlie Parker e Cannonball Adderley.
Ganhou experiência em grupos variados, tendo acompanhado Wynton Marsalis, Ray Brown, Kenny Barron, Hank Jones, Roy Hargrove, Nicholas Payton, entre muitas outras formações importantes na história do jazz moderno.
Em 1989, Davis ganha o prémio de "Most Outstanding Musician" pela revista Downbeat.
Será acompanhado por uma formação liderada por Filipe Melo (piano) e Bruno Santos (guitarra), que conta ainda com Nelson Cascais no contrabaixo e Bruno Pedroso na bateria.
Estará dias 11 de Março (Quarta feira) no Hotclube (Praça da Alegria) pelas 23h e 13 de Março no Cineteatro de Alcobaça às 21h30.

Sábado, 14 Março 22h | António Pinho Vargas + José Nogueira | Centro Cultural da Benedita
ANTÓNIO PINHO VARGAS
JOSÉ NOGUEIRA


António Pinho Vargas regressa aos palcos!
25 anos depois da edição do primeiro álbum de originais, António Pinho Vargas regravou as suas obras em versão de piano solo.
Um acontecimento editorial que tem vindo a marcar o meio musical português. O próprio diz-nos: "Prevejo duas possibilidades reais para este retorno: a realização de concertos a solo e actuações em duo com José Nogueira. Este duplo formato, por um lado, preserva o renovado contacto com o instrumento e, por outro, mantém a cumplicidade adquirida ao longo dos anos e o prazer de criar e recriar música em conjunto. "
O concerto em Alcobaça será neste último formato com António Pinho Vargas, no piano e José Nogueira, no saxofone.

Bilhete:
Preço: 10€
Preço especial dia 13 e dia 14: 15€
Passe ciclo de cinema All That Jazz (dias 8 e 9 de Março) = oferta de 1 bilhete para INJAZZ (dia 13 ou 14, um dos dias à escolha)

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

CMA Reúne Com Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros

PERÍMETRO PARA EXTRACÇÃO DE PEDRA INCLUÍDO NO PLANO DE PORMENOR DO PARQUE NATURAL
A Câmara Municipal de Alcobaça reuniu-se, no passado dia 19 de Fevereiro, com o Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros, com vista à integração do perímetro de extracção de pedra no Plano de Pormenor do Parque.

Como consequência deste encontro, foi contemplada a continuidade desta actividade no Plano de Pormenor do Parque Natural. Este é um passo importante para a autarquia que tem vindo a reunir esforços no sentido de poder delimitar a área de extracção de pedra e do perímetro urbano, onde neste momento laboram algumas empresas.

A necessidade da reunião surgiu depois de um alerta, segundo o qual o plano de pormenor não integraria a continuidade desta actividade.

Já no passado dia 23 de Janeiro, a autarquia reuniu com os empresários do sector, com o objectivo de discutir o alargamento das pedreiras bem como a actual situação das empresas que laboram na periferia do IC2.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Secretário de Estado da Indústria Reúne Com Autarcas Sobre a Cerâmica

O Secretário de Estado Adjunto da Indústria e Inovação, António José de Castro Guerra, reuniu-se, ontem à tarde, com um grupo de autarcas da região. Em representação do Município de Alcobaça esteve Vice-Presidente da Câmara Municipal, Carlos Bonifácio, e em cima da mesa esteve um conjunto de propostas relativas ao sector da Cerâmica.
Na audiência estiveram, também, presentes os Presidentes das Câmaras da Batalha, Caldas da Rainha, Nazaré e Porto de Mós.
O encontro ocorreu no seguimento da reunião com os empresários da indústria cerâmica, que teve lugar no passado dia 28 de Janeiro, na sequência do qual foi produzido um documento que apresenta soluções imediatas para a combater a crise profunda que o sector atravessa.
Como resultado da reunião, ficou a garantia de uma nova linha de crédito no valor de 20 milhões de euros para a Indústria, e também, para o sector da Cerâmica.
Outras das medidas apresentadas, está relacionada com as PME - Pequenas Médias Empresas, que deixam de ter restrição quanto ao número de trabalhadores, ao invés dos 250 funcionários mínimos exigidos.
Relevante para o sector, é também, a linha de crédito para as empresas que exportem para novos mercados, que assim beneficiam de apoios financeiros.
A formação profissional passa a ser uma aposta para as empresas que tenham interrupções devido à falta de trabalho. Deste modo, combate-se a actual situação de crise, qualificando os trabalhadores.
Foi, também, criado um Fundo de Fusões e Aquisições, este fundo imobiliário visa beneficiar as empresas com problemas de tesouraria. Os imóveis das empresas podem servir para combater os problemas financeiros, e quando esses problemas forem resolvidos a empresa terá prioridade na aquisição desses mesmos imóveis.
O Ministério da Economia está ainda, a estudar a possibilidade de redução dos prazos de devolução do IVA para as empresas.

Relativamente às questões de redução dos custos energéticos, apresentadas aqui, António Castro Guerra garante que há regras a cumprir e que, portanto, não há nada que possa fazer-se para alterar a situação.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Comemoração do Dia da Árvore e da Floresta

O Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Alcobaça comemora no próximo dia 21 Março, o dia da Árvore e da Floresta.

Para assinalar este facto, o Pelouro do Ambiente promove actividades de sensibilização, entre os dias 20 e 23 de Março, nas Juntas de Freguesias do Concelho, e que consistem na entrega de árvores na troca de papel. Algumas escolas do Concelho colaboram com a elaboração de mensagens sobre o tema para colocar nos vasos.

A entrega de 2 kg de papel reciclado equivale à oferta de um pinheiro ou sobreiro ou planta anual; com 5 kg de papel oferece-se um pinheiro ou sobreiro e duas plantas anuais; e com 10 ou mais quilos de papel recebe-se um pinheiro ou sobreiro e três plantas anuais.

"Por cada tonelada de papel reciclado evita o abate de 15 árvores", é o tema da iniciativa do Pelouro do Ambiente, que desta forma pretende sensibilizar os munícipes para a questão da reciclagem de papel.

Paralelamente, o Pelouro do Ambiente em colaboração com a Resioeste estão a ceder compostores para a reciclagem de Resíduos Orgânicos. O compostor é um recipiente onde são colocados os resíduos orgânicos (restos da cozinha e do jardim) e é no seu interior que ocorre todo o processo da compostagem (reciclagem de matéria orgânica através de microrganismos que transformam estes resíduos em adubo natural, rico em nutrientes). Este adubo natural, composto, pode ser utilizado na sua horta e jardim.

Participe!

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

terça-feira, 3 de março de 2009

Valdemar Rodrigues Com Novo Blogue

O já nosso conhecido colega da blogosfera alcobacense, Valdemar Rodrigues, lançou um novo blogue para permitir o acompanhamento da sua actividade em termos de publicações.

O endereço é o seguinte:
http://valdemar-rodrigues.blogspot.com/

O blogue tem já bastante material sobre ambiente e desenvolvimento sustentável disponível para download.

Um novo espaço para ser acompanhado de perto!
Parabés ao Valdemar por mais esta partilha!

Alcobacense Valdemar Rodrigues Lança Livro "Desenvolvimento Sustentável: Uma Introdução Crítica"

Está já disponível para entrega o livro do Alcobacense Valdemar Rodrigues intitulado "Desenvolvimento sustentável: uma introdução crítica", publicado pela Principia.

O desenvolvimento sustentável não pode, nem deve, continuar a confundir-se com o discurso pragmático e superficial da modernização ecológica, para bem da protecção do ambiente e em benefício da possibilidade de uma vida digna para as gerações vindouras.
A sustentabilidade apresenta um extraordinário potencial mobilizador das vontades humanas no sentido de uma sociedade mais justa, mais democrática e mais respeitadora da multiplicidade de energias criadoras existentes na Terra - o qual tem sido frequentemente obliterado e incompreendido - e implica o crescimento em cada indivíduo e em cada geração de um sentido amplo e altruísta do dever de cuidar daquilo que não é seu, embora esteja à sua disposição de cada pessoa.
A educação para a sustentabilidade, a boa governação, a boa ciência e a ligação mutuamente produtiva das pessoas com a natureza e com a restante humanidade são exemplos de factores «enzimáticos» da cristalização nas sociedades humanas deste novo quadro de valores. Este ensaio pretende ser, ao mesmo tempo, um manual de reflexão e um guia prático para todos aqueles que, de uma forma ou de outra, decidiram pautar a sua vida e o seu trabalho pela promoção do desenvolvimento sustentável.

Índice da Obra
Introdução

Valdemar Rodrigues, engenheiro do Ambiente e doutorado na especialidade de Engenharia do Ambiente na Universidade Nova de Lisboa, é professor auxiliar na Faculdade de Engenharias e Ciências Naturais Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, onde é responsável pela docência de várias cadeiras dos cursos de licenciatura na área das engenharias.

O livro pode ser adquirido aqui e aqui.

Março no Maria's

Secretário de Estado Assina Protocolo Para a Instalação de Quartel da GNR

Cidade de Alcobaça concentra novas funções ao nível da Segurança

O Secretário de Estado da Administração Interna, Rui Sá Gomes, presidiu, na passada quarta-feira, no Auditório da Biblioteca Municipal de Alcobaça, à assinatura do Protocolo para a construção do Destacamento da GNR em Alcobaça.

Na sessão protocolar estiveram ainda presentes, Gonçalves Sapinho, Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, José Revez, Director Geral da DGIE -Direcção-Geral de Infra-Estruturas, o Major General Samuel Marques Mota, Comandante do Comando de Administração dos Recursos Humanos e Paulo Inácio, Presidente da Assembleia Municipal.

O Destacamento irá agrupar e tutelar os concelhos de Alcobaça (quartéis da GNR de Alcobaça, Benedita, Pataias e São Martinho do Porto) e Nazaré (Valado dos Frades), que saem assim, da alçada do destacamento de Caldas da Rainha.

A construção das novas instalações a localizar na Quinta das Freiras, em Alcobaça, nas imediações da EPADREC e da Nova Alcobaça, fica a cargo do Município que será posteriormente reembolsado, pelo Estado, desse mesmo investimento.

O projecto surge da necessidade de melhorar as condições das actuais instalações do posto da GNR, que neste momento não dispõe de condições funcionais para levar a cabo a missão de segurança que ficará acometida ao novo Destacamento.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

IV Seminário Para a Educação

Realiza-se no próximo dia 7 de Março, no Auditório da Biblioteca Municipal de Alcobaça, o IV Seminário para a Educação.

As intervenções dos convidados incidirão sobre as temáticas: "Novas Competências das autarquias na Educação", "A Administração Escolar", e "A participação e a Intervenção da Sociedade Civil na Educação".

Por confirmar, está a presença de Maria de Lurdes Rodrigues, Ministra da Educação, na sessão dedicada às "Novas Competências das autarquias na Educação".

O Município de Alcobaça associa-se, assim, à Universidade de Coimbra e à Federação Regional de Pais e Encarregados de Educação de Leiria, numa iniciativa que pretende discutir problemáticas relacionadas com a Educação.

Os públicos-alvo do seminário são os pais, professores e outros agentes educativos, mas também, o público em geral.

A entrada livre.

Inscrições:
Centro de Estudos Superiores - Alcobaça
Praça 25 de Abril, n.º 75
2460-018 Alcobaça
Tel: 262 580 870
mmca@ci.uc.pt

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

“CONTOS DO VIGÁRIO” - Acção de Sensbilização da PSP

"Contos do Vigário" é o nome da acção de sensibilização levada a cabo pela PSP. A peça de teatro sobe ao palco do Cine-teatro de Alcobaça, no próximo sábado, dia 7 de Março pelas 14h30 e pelas 17h30.

A representação teatral, composta por três sketshs - "Gato por Lebre", "O Falso Técnico" e "O Bom Samaritano", irá ser acompanhada por pequenas apresentações e esclarecimentos da PSP. A peça terá a duração de 80 minutos e a entrada é livre.

A Câmara Municipal de Alcobaça disponibiliza autocarros para quem necessitar de transporte para o horário das 14h30. As pessoas interessadas deverão fazer a sua inscrição através dos seguintes contactos:
Cine-Teatro: 262 580 885 - Rosário Ribeiro
Acção Social: 262 580 831 - Carla Fonseca


A iniciativa é organizada da Polícia de Segurança Pública com o apoio do Município de Alcobaça.

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Projecto “Ceramica" Já Está Em Marcha

Foi oficialmente lançado e apresentado publicamente o projecto Ceramica.
A sessão de lançamento teve lugar em Hodmesóvásárhely no passado dia 20 de Janeiro e contou com a presença dos doze sócios, para além de responsáveis políticos húngaros e europeus.
O projecto, a desenvolver no quadro do Programa de Iniciativa Comunitária Interreg IV-C, tem um orçamento global de 2,14 milhões de Euro a dividir por 12 entidades de sete países distintos: Hungria, Portugal, Roménia, Grécia, Espanha, França e Eslovénia.
O Ceramica tem como objectivos essenciais a promoção, revitalização e apoio ao sector cerâmico. A troca de experiências e a exportação de boas práticas são também dois objectivos relevantes, reconhecendo que entre os sócios existe um aspecto comum - o interesse em promover o sector - contudo, com pontos de partida bem diversos.
O orçamento que cabe ao Município de Alcobaça é de 232 mil Euros, sendo que lhe compete organizar em Fevereiro de 2011 o Segundo Encontro Inter-regional, por cuja ocasião promoverá uma Feira Internacional de Cerâmica.
Os passos imediatos são a realização de uma análise SWOT ao sector que, conjugada com as dos restantes parceiros (a levar a cabo no mesmo período), dará origem a um documento único para apresentar junto dos responsáveis da Política Comunitária. A propósito da realização desta análise SWOT serão contactadas todas as empresas do sector e realizados wokshops para promover o debate.
Neste momento a Câmara Municipal de Alcobaça trabalha com a INTELI, também sócia do projecto, no sentido de alargar o Ceramica a outros municípios do Oeste e Alta Estremadura.

Mais pormenores em http://www.ceramicaproject.eu

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Feira da Ciência e Tecnologia de Alcobaça



No âmbito das actividades desenvolvidas pela Universidade de Coimbra, no concelho de Alcobaça, através do seu Centro de Estudos Superiores, a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em parceria com a Câmara Municipal de Alcobaça, irão realizar de 17 a 21 de Março de 2009, a I Feira da Ciência e Tecnologia de Alcobaça.

Esta terá lugar no pavilhão multiusos da autarquia alcobacense - MERCOALCOBAÇA tendo como públicos-alvo: estudantes e professores do ensino básico (9.º ano de escolaridade) e secundário. O evento dirige-se preferencialmente às escolas dos distritos de Leiria, Coimbra, Santarém e (norte de) Lisboa.

Este certame visa promover o conhecimento científico e tecnológico na região, proporcionando o contacto directo com a investigação e a comunidade científica.

A acção será constituída por diferentes tipos de actividades, tais como: exposições temáticas, palestras, conferências e debates; laboratórios e outras actividades de carácter experimental de tipo demonstrativo e/ou tipo "hands on", com a presença de investigadores, docentes e alunos de diferentes áreas cientificas e tecnológicas.

Mais Informação: http://www.fct-alcobaca.terradepaixao.net

Fonte: Gabinete de Informação e Relações Públicas da C.M.A.
girp@cm-alcobaca.pt | 262 580 843/61

Cerâmica Pode Recorrer à Formação Profissional Para Evitar Despedimentos

Os empresários do sector da cerâmica podem evitar os despedimentos recorrendo a incentivos estatais para formação profissional dos trabalhadores, nos períodos em que não tenham encomendas, informou o Governo Civil de Leiria.

O governador civil, Paiva de Carvalho, e autarcas de alguns concelhos do distrito (Porto de Mós, Caldas da Rainha, Batalha, Nazaré e Alcobaça) reuniram-se segunda-feira com o secretário de Estado da Indústria e da Inovação, Castro Guerra, para discutir soluções de minimização da crise no sector da cerâmica.

"O Governo já tomou medidas que permitem dar algumas respostas às empresas, como a formação profissional nos períodos em que não há encomendas. Nestas alturas os empresários podem recorrer ao Instituto de Emprego e Formação Profissional, evitando os despedimentos", afirmou o chefe de gabinete do governador civil, João Paulo Pedrosa, que esteve presente no encontro.

"Relativamente à fábrica Bordalo Pinheiro (com 172 trabalhadores e sem encomendas desde Dezembro), a Secretaria de Estado está a trabalhar com empresários com vista à viabilização da empresa", adiantou.

De acordo com a mesma fonte, foram ainda alargados e aligeirados os mecanismos para a apresentação de candidaturas ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e as linhas de crédito contemplam empresas com mais de 250 trabalhadores".

Segundo o Governo Civil, as empresas de cerâmica utilitária e decorativa representam um dos subsectores com maior tradição no distrito, são um dos maiores empregadores e têm grande vocação exportadora.

A Associação Portuguesa da Indústria Cerâmica (APICER) alertou no final do mês de Janeiro para o encerramento de 153 empresas no subsector da cerâmica decorativa e utilitária nos últimos cinco anos, situação que levou ao desaparecimento de três mil postos de trabalho.
In Oje

6º Concurso de Bandas de Garagem, Setúbal - Hot Limousine em Destaque

The Doups foi a banda setubalense apurada para a final do 5.º Concurso de Bandas de Garagem, na pré-eliminatória que se realizou na sexta-feira, à noite, na Sociedade Musical Capricho Setubalense.

Este projecto musical de rock, indie e blues, composto por quatro elementos, bateu os restantes cinco grupos desta fase do concurso, destinada apenas a bandas setubalenses.

Tears of the Sun, Keritsu, Some Gentle Dawn, Omaira e Blackout Noize foram as outras bandas participantes nesta pré-eliminatória.

As eliminatórias da quinta edição do Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal, que reúne formações musicais de vários pontos do País, estão agendadas para os dias 7, 14 e 21, às 21h30, na Rua Guilherme Gomes Fernandes, artéria paralela à Avenida Luísa Todi.

The Amazing Flying Pony, de Coimbra, Green Grass Riddle, HMB e Clunk!!, de Lisboa, Fried Chicken & Gasoline, de Leiria, Katharsis, de Oeiras, Pay Per View, do Porto Flow Motiv, de Sintra, Hot Limousine, de Alcobaça, e Ashes, de Tomar, são as bandas que se vão defrontar nas eliminatórias.

Soul, rock, funk, hip-hop e música do mundo são alguns dos estilos musicais presentes no 5.º Concurso de Bandas de Garagem, integrado no programa municipal, em colaboração com o movimento associativo, que assinala o Mês da Juventude m@rço.28.

A final está reservada para dia 28, integrada no Festival 7Rock, a partir das 21h30, nos Bombeiros Voluntários de Setúbal.
In Rostos

Saxofonista Jesse Davis em Portugal Com Músicos Portugueses

O saxofonista norte-americano Jesse Davis actua em Março em Portugal, em três concertos em Lisboa e Alcobaça, acompanhado por músicos portugueses, disse à agência Lusa o pianista Filipe Melo.

Jesse Davis, nascido em Nova Orleães em 1965, tocará no dia 11 no Hot Clube de Portugal, em Lisboa, e no dia 13 no Cine-Teatro Alcobaça.

Concessão Rodoviária Litoral Oeste Promove Rotas Turísticas Nacionais

Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações
Concessão Litoral Oeste promove rotas turísticas nacionais
O Primeiro-Ministro, José Sócrates, o Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, e o Secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos, presidiram esta quinta-feira, 26 de Fevereiro, no Castelo de Leiria, à cerimónia de apresentação do Contrato da Concessão Litoral Oeste.

Contratação em menos de um ano
Criada pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 181/2007, de 29 de Novembro, esta Concessão foi lançada em 24 de Março de 2008. Onze meses volvidos, o projecto passa à fase de concretização com a assinatura do respectivo Contrato.

A entidade adjudicatária é o consórcio AELO, Auto-Estrada Litoral Oeste, liderado pela empresa Auto-Estradas do Oeste, Concessões Rodoviárias de Portugal, SA, que é detida pela MSF, Somague, grupo Lena e Novopca. Integram ainda o AELO a Brisa e a Transport Infrastructure Investment Company (SCA) Sicar.

Para além do agrupamento vencedor, apresentaram-se ao Concurso Público Internacional outros três consórcios: Aenor Litoral Oeste, liderado pela Mota-Engil e pelo Banco Espírito Santo; Auto-Estradas XXI, da Somague; e Grupo Rodoviário Litoral Oeste, constituído pela

Edifer a Iridium, entre outras empresas do sector. As propostas foram abertas a 8 de Julho de 2008, tendo sido elaborada a short-list em 28 de Agosto. A selecção de dois agrupamentos (AELO e Aenor) foi seguida da fase de negociações, que culminou com a entrega por ambos os concorrentes da Best and Final Offer (BAFO). Foi, aliás, com base na BAFO que a Comissão de Apreciação de Propostas da EP, Estradas de Portugal, SA, classificou a da AELO em primeiro lugar. A Contratação da obra acontece menos de um ano após o lançamento do Concurso, à semelhança do que já se havia verificado com outras Subconcessões, nomeadamente a Douro Interior e a Auto-Estrada Transmontana.

O primeiro lanço da Concessão Litoral Oeste estará pronto em Fevereiro de 2011, devendo a conclusão do empreendimento ocorrer em Fevereiro de 2012, após 36 meses de trabalhos. Recorde-se que do «pacote» de 10 Concessões lançadas por este Governo, a Litoral Oeste é a sexta a ser contratada.

Mar, Monumentos Históricos e Santuário mais próximos
A Concessão Litoral Oeste tem uma extensão total de 109 km: 85 km de lanços a construir acrescidos de 24 km de troços já em serviço, para exploração. Irá abranger os Concelhos de Alcobaça, Nazaré, Porto de Mós, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Tomar e Torres Novas, e trará um forte impulso ao desenvolvimento de uma rota turística por excelência, permitindo ligar em rede vários itinerários de grande interesse histórico e cultural, em que se incluem o Castelo de Leiria e o de Porto de Mós, Monumentos Património Mundial como o Mosteiro de Alcobaça e o da Batalha, e o Convento de Cristo, em Tomar. A praia da Nazaré e o Santuário de Fátima são outros dois locais muito procurados por nacionais e estrangeiros que ficarão mais próximos com a concretização deste empreendimento.

Custos inferiores ao previsto
Ao todo, serão 400 mil os indivíduos directamente beneficiados com este projecto que terá um investimento com construção e beneficiação inicial do adjudicatário estimado em 348 milhões de euros e um investimento total de 622 milhões de euros. O custo de manutenção, nos 30 anos concessionados, será de 202 milhões de euros, inferior em 24% ao previsto no Estudo de Viabilidade da Concessão, elaborado pelo Banco Efisa, que apontava para 267 milhões de euros. O VAL de Esforço Financeiro da EP será de 579 milhões de euros. O adjudicatário conta com financiamento concedido pela Caixa Geral de Depósitos e pelo BPI.

No conjunto das seis Concessões já adjudicadas (Douro Interior, Auto-Estrada Transmontana, Baixo Tejo, Baixo Alentejo, Algarve Litoral e Litoral Oeste) o investimento total (leia-se investimento inicial de construção, acrescido dos custos de conservação e exploração, grandes reparações e alargamentos ao longo dos 30 anos de concessão) é de 3901 milhões de euros, montante que fica 14% abaixo do estimado nos Estudos de Viabilidade: 4547 milhões de euros.

Melhores vias, sinistralidade em queda
A Concessão Litoral Oeste integra os seguintes lanços a construir:

- IC2 - Variante da Batalha, com uma extensão de 13 km em Auto-Estrada e com pagamento de portagem, à excepção do troço que se sobrepõe à actual EN1 entre o Nó da Azóia e o Nó da A8. Esta via entre Porto de Mós, Batalha e Leiria, irá substituir a EN1, caracterizada por um traçado desadequado às necessidades, com grande ocupação marginal, vários cruzamentos de nível e numerosas serventias que condicionam a capacidade da via e as condições de segurança de circulação. Este lanço articula-se com dois eixos transversais: o IC9 e o IC36;

- IC9 - Nazaré-Ourém-Tomar terá 53 km de construção nova entre a Nazaré e Ourém e 14 para conservação entre Ourém e Tomar sem cobrança de portagem;

- IC36 - Leiria Sul-Leiria Nascente, com uma extensão de 6 km de Auto-Estrada com portagem. Este lanço permitirá o fecho da Circular de Leiria, completando-se assim a ligação entre a A8 e a A1 a Sul da cidade em perfil de Auto-Estrada. Virá ainda descongestionar a rede urbana de Leiria, com a transferência de aproximadamente 10 mil veículos por dia para a nova via;

- EN242 - Variante da Nazaré, com 6 km de Auto-Estrada sem portagem. Funcionará como via distribuidora do tráfego proveniente do IC9, evitando o atravessamento da malha urbana da Nazaré;

- EN8 - Ligação a Alcobaça, com uma faixa de rodagem e sem portagem, permitindo uma ligação com maior segurança entre o IC9 e Alcobaça, e evitando simultaneamente que o tráfego atravesse a cidade;

- IC2 - IC36/COL, com 2 km.

Os lanços já em serviço, que funcionarão em regime de exploração, perfazem 24km e são os seguintes:

- IC9 entre Ourém e Carregueiros, com 6 km, obra que deverá estar concluída em Setembro de 2009;

- IC9 entre Carregueiros e Tomar, com 8 km, concluído em Abril de 2008;

- EN1 entre o Nó do IC9 e o Nó de S. Jorge (IC2), com 5 km, já em serviço;

- COL e VPL, num total de 5 km, também em serviço.

A construção e a exploração de melhores vias, que trazem alternativas de qualidade ao tráfego que congestiona as cidades, contribuirão para reduzir a sinistralidade grave em 46%. Recorde-se, a propósito, que entre 2004 e 2008 Portugal diminuiu em 32% o número de vítimas mortais em acidentes de automóvel. Esta percentagem representa menos 363 mortos nos últimos quatro anos nas estradas nacionais. Só a transformação do IP5 em Auto-Estrada (que decorreu entre 2004 e 2006) permitiu uma diminuição das vítimas mortais de 87%: em 2003, antes da obra, registaram-se 30 mortos no IP5; em 2007, já com a nova via em funcionamento, o número de vítimas mortais baixou para quatro. Também a A17, concluída em Maio de 2008, veio salvar muitas vidas. Em 2007, verificaram-se 13 mortos na EN109; em 2008, no novo troço, apenas um.

No que ao Distrito de Leiria diz respeito, a EN1 entre Porto de Mós e Leiria registou 35 mortos nos últimos 10 anos. A substituição deste lanço pelo troço do IC2 entre Porto de Mós e a Batalha promete uma quebra do número de acidentes mortais igualmente significativa.

Redução dos tempos de percurso
A Concessão Litoral Oeste aumentará o número de pessoas que ficarão a menos de 30 minutos de percurso de Leiria (de 353 070 para 374 910). Esta cidade ficará mais próxima de vários destinos:

Menos 15 minutos entre Leiria e a Nazaré;
Menos 10 entre Leiria e Alcobaça;
Menos sete entre Leiria e Porto de Mós;
Menos seis entre Leiria e a Batalha;
Menos 21 entre Leiria e Ourém;
Menos 33 entre Leiria e Tomar.

A construção do novo lanço do IC2 entre Porto de Mós e Leiria permitirá uma redução de 50% do tempo de viagem (comparativamente ao percurso efectuado pela actual EN1). Já o IC9 encurta o tempo médio de percurso entre a Nazaré e Tomar em 38%.

Este empreendimento, bem como outros concluídos e em curso nesta legislatura (nomeadamente a Concessão Pinhal Interior), contribuirá para aumentar consideravelmente a taxa de execução do Plano Rodoviário Nacional (PRN) do Distrito de Leiria - aumento de 29%, atingindo os 79% - e do Distrito de Santarém: aumento de 11%, chegando aos 62%.

Concessão gera emprego
Os benefícios gerados pela Concessão Litoral Oeste superam largamente os custos que lhe estão associados. Um destes benefícios é o potencial de geração de emprego, que poderá atingir os 14 mil postos de trabalho, e que se saldará na criação de riqueza para a Região. Entre os benefícios económicos indirectos, prevê-se que este empreendimento traga melhor acessibilidade ao mercado de trabalho, aos mercados, fornecedores e outras empresas, traduzindo-se num aumento da produtividade das empresas e dos trabalhadores.

In Portal do Governo